Confira 5 segredos de como monetizar seu conteúdo na internet

Veja 5 segredos de como monetizar um conteúdo na internet

Por que alguns YouTube creators também têm feito sucesso offline?

Quem tem um site ou blog e trabalha com isso, costuma ter grande parte da sua rotina focada na seguinte pergunta: “Como monetizar um conteúdo na internet?”. Afinal, como transformar esse trabalho duro em dinheiro no fim de cada mês?

Felizmente, a web oferece uma série de opções para quem quer monetizar seu conteúdo e tirar uma boa renda mensal por meio da produção de vídeos e posts para a rede. Nesse artigo, vamos listar as cinco maneiras mais efetivas de monetizar um projeto na internet.

Para saber mais sobre o assunto e descobrir como você pode começar a ganhar dinheiro com seu trabalho online a partir de hoje, continue a leitura!

Venda de infoprodutos

Quem produz conteúdo para a internet, seja em formato de texto ou vídeo, costuma focar em um tema. Um vlog de cinema, por exemplo, é especializado na 7ª arte, enquanto um blog de culinária fala sobre receitas e um site de notícias regional aborda os acontecimentos na região da sua publicação.

Para ser capaz de produzir conteúdo de alto nível na sua área de atuação, você precisa estudar, pesquisar e se tornar um especialista. E quando esse momento chegar, você pode produzir infoprodutos para vender para seu público.

Infoprodutos são produtos formados por informação e conhecimento. Um documentário sobre uma região (ou algum evento importante do passado), um arquivo em áudio ou mesmo um trabalho em fotos podem ser considerados infoprodutos e comercializados para o seu público.

Anúncios em vídeos

Atualmente, uma das mídias mais rentáveis para a produção de conteúdo na internet é, sem dúvidas, o vídeo. Para se ter uma ideia, os vídeos online já correspondem a 57% de todo o tráfego gerado na rede. Ou seja: mais da metade da atividade online é gasta assistindo vídeos, quase 4 vezes o equivalente à soma entre buscas no Google e o uso de e-mails.

A previsão é de que, em 2017, esse número suba para 67%.

E tudo isso é passível de ser monetizado a partir de um inteligente sistema de anúncios em vídeos (desde anúncios antes da exibição, durante ou inserido de forma nativa no conteúdo).

Adsense no site

Quem prefere trabalhar com conteúdo escrito pode conseguir monetizar o seu trabalho por meio do sistema de Adsense do Google.

O Google criou uma grande rede de sites chamada de Rede de Display. Essa rede cobre, basicamente, qualquer site que tope exibir propagandas do Google em troca de uma comissão.

Com essa rede, o Google pode anunciar os produtos de praticamente qualquer empresa do mundo por meio do sistema Google Adwords. Para o produtor de conteúdo, a responsabilidade é de produzir um material bom o suficiente para atrair a audiência de um público qualificado.

Venda de e-books

Uma variação da venda de infoprodutos está na venda de e-books. Esse caso merece até um momento específico para ser discutido, já que o e-book tem um espaço muito interessante dentro da web.

Normalmente, os e-books são utilizados como parte de uma estratégia de marketing para obter endereços de e-mails para uma campanha de e-mail marketing.

Porém, os e-books podem ser vendidos como material final para os consumidores de quem produz conteúdo de qualidade na rede.

Links afiliados

Os programas de links afiliados eram mais populares no final da primeira década do século XXI, mas ainda hoje são alternativas interessantes para quem quer ganhar algum dinheiro na internet com produção de conteúdo.

Os links afiliados funcionam da seguinte forma: o produtor de conteúdo ganha um código especial para direcionar os seus visitantes para o site de uma loja virtual. Cada compra realizada pelo usuário com o código gera uma porcentagem de lucro para o produtor.

E aí, aprendeu com nossas dicas como monetizar um conteúdo na internet? Você já testou alguma dessas maneiras? Conte pra gente seus resultados nos comentários abaixo!