Elegemos os 11 melhores programas de edição de vídeo pagos

Os 11 melhores programas de edição de vídeo pagos

Os 11 melhores programas de edição de vídeo pagos

Quem é profissional da área sabe que, para obter um resultado de qualidade, é preciso adquirir um bom software de edição de vídeo. E isso significa fazer um investimento visando obter um bom retorno com o seu produto! Então, nada mais justo do que pagar pela ferramenta que será utilizada para montá-lo.

O mercado de programas de edição de vídeo é cheio de opções para diversos perfis. Existem aqueles mais básicos, fáceis de aprender e usar, e os mais avançados, usados até pelos grandes estúdios de Hollywood. O que vai determinar qual você deve usar é o seu grau de experiência e as funcionalidades que precisa.

Conheça os melhores softwares pagos de edição disponíveis atualmente no mercado e suas principais funcionalidades.

Adobe Premiere Pro

É difícil não pensar no Adobe Premiere Pro quando se fala em editores de vídeo. Um dos queridinhos dos grandes estúdios de Hollywood, ele é um dos únicos famosos programas do tipo disponíveis tanto para Windows, quanto para Mac. O pacote completo de recursos, efeitos, transições e tecnologias é seu grande diferencial, que pode valer a pena para produções profissionais.

A integração nativa a outros produtos da Adobe também é bem útil e ajuda bastante quem aproveita o potencial de toda a linha. As últimas versões do programa já fazem parte do Adobe Creative Cloud, um serviço de assinatura mensal que engloba vários produtos da empresa. Mesmo assim, se você for usar apenas o Premiere, você pode assiná-lo separadamente.

Final Cut Pro X

É claro que a Apple não poderia faltar nessa lista com mais um produto de excelência: o Final Cut Pro X é uma das opções com mais fama e qualidade e está disponível apenas para computadores Mac. Opção certa de grandes e premiados estúdios de TV e cinema pelo mundo, sua enorme variedade de plugins e efeitos faz muita diferença na hora de produzir algo mais impactante.

Eficiência também é uma de suas palavras de ordem. Os seus muitos atalhos de teclado fazem sucesso entre os profissionais da área, sem contar a impressionante capacidade de usar até 99 canais simultâneos de áudio e vídeo e a facilidade para a publicação de filmes e vídeos na iTunes Store, um dos maiores mercados audiovisuais do meio digital. Ele é adquirido diretamente da Mac App Store, a loja de aplicativos do sistema.

Sony Vegas Pro

Fazer muito com pouco: esse é o lema do Sony Vegas Pro. Geralmente escolhido por pessoas que têm pouca experiência na área, mas que não deixam a excelência de lado, a sua interface simples e intuitiva é um de seus pontos fortes. Imagine unir a facilidade de uso do Movie Maker com a qualidade do Premiere e do Final Cut. É o que o Vegas faz!

Mesmo sendo mais fácil de aprender, todos os seus recursos podem fazer trabalhos impressionantes. Para aqueles que trabalham em grandes equipes, a capacidade de exportar seu projeto para outro editor e a integração com um app colaborativo para iPad, o Vegas Pro Connect, serão grandes aliados. Ele está disponível apenas para computadores Windows.

CyberLink PowerDirector

Se você ainda acha que fazer uma boa edição de vídeo é um desafio inalcançável, o CyberLink PowerDirector é a opção que você esperava. Diferentemente do resto, ele é indicado para aqueles que não são profissionais, mas, ainda assim, querem um resultado com qualidade. Sua interface consegue ser ainda mais simples que a do Vegas; logo, aprender a usá-lo não será um problema.

Um de seus grandes destaques é seu suporte a uma edição de vídeo assistida, ou seja, com modelos pré-prontos para fazer bonitas produções de forma bem rápida. Identificar câmeras de ação (como a GoPro) e corrigir as imagens com definições específicas para o modelo de cada uma e fazer um bom trabalho no rastreamento de movimento são outros diferenciais. Ele também está disponível apenas para Windows.

Corel VideoStudio Pro

Não é só de desenhos que vive a Corel, pois a empresa também tem um bom produto na área de edição audiovisual. O Corel VideoStudio é um nome forte nessa área e tem a otimização da máquina como um de seus principais objetivos. Ele busca oferecer eficiência sem gastar muitos recursos do sistema, aproveitando bem os processadores mais modernos, com arquitetura 64-bit.

Ele também é uma boa pedida para aqueles que desejam fazer produções menos convencionais: um modo especial para fazer animações em stop motion, um assistente para vídeos time-lapse e um software interno para gravar a tela do computador são algumas dessas opções. O seu preço mais acessível pode transformá-lo em uma boa opção para todo tipo de profissional.

MAGIX Movie Edit Pro

Por mais que esse seja um pouco menos conhecido do público, o MAGIX Movie Edit Pro não faz feio em trazer uma boa experiência de edição tanto para os novatos quanto aos veteranos dessa arte.

Mesmo que ele não tenha tantas funções como seus concorrentes, ele entrega um conjunto interessante de efeitos, transições e recursos que podem resultar em bonitas produções sem muito tempo de aprendizado.

Ele tem alguns utilitários que serão de ajuda para quase todos os tipos de editores, como um sincronizador automático entre trilhas de áudio de diferentes fontes — que faz tanta falta em alguns momentos, não é? Além disso, as trilhas não têm tipos específicos pré-determinados, ou seja, uma trilha de vídeo pode vir a ter áudio ou títulos, sem problemas. Ele está disponível para Windows, mas apenas para as versões 64-bit do sistema.

Lightworks Pro

Se você é um adepto do pinguim, fique tranquilo, pois fechamos a nossa lista com uma ótima opção para Linux. O Lightworks Pro, que também está disponível para Windows e Mac, busca na eficiência e na simplicidade o seu caminho para fazer produções com qualidade. Boa parte das funções mais complicadas de edição têm o suporte de ferramentas inteligentes, que fazem um bonito vídeo aparecer mais rápido do que você imagina.

Além da preocupação com a velocidade de produção (sem mais demoras para renderizar algo!), ele tem uma das melhores e mais precisas interfaces para fazer cortes e trabalha com várias câmeras de forma bem simples e ágil, sincronizando-as automaticamente. Ele ainda tem uma versão gratuita com menos recursos, mas que você pode usar para conhecer a facilidade que esse editor pode te proporcionar.

Pinnacle Studio Plus

Muito fácil de usar, o Pinnacle Studio é um editor de vídeo amplamente utilizado no mundo todo. Com recursos que permitem capturar vídeos diretamente da câmera, do aparelho de vídeo cassete, entre outras fontes, este é um programa que facilita muito a vida do usuário.

Com ele, é possível ter um software de edição de vídeo extremamente eficaz para sistemas Windows, com recursos interessantes e excelente qualidade na finalização dos projetos.

Sony Vegas Movie Studio

A versão minimizada de Sony Vegas Pro oferece a possibilidade de criar vídeos com qualidade excelente sem consumir excessivamente os recursos do sistema.

O Sony Vegas Movie Studio oferece uma interface simples, leve e econômica em relação a já citada versão Pro. Ideal para quem não está interessado em investir pesado mas não abre mão da qualidade dos produtos Sony.

Ainda que seja leve, o programa não economiza nas ferramentas para edição avançada, além de oferecer suporte para filtros, plugins, entre outros.

AVS Video Editor

Outro excelente programa, capaz de oferecer facilidade de uso, alta qualidade profissional e rapidez para o sistema. Com recursos como a grande quantidade de efeitos para o usuário, suporte para Blu-Ray, entre outros, trata-se de um dos melhores programas do mercado quando o assunto é trabalhar com a plataforma Windows.

O AVS é um editor de vídeo que oferece excelentes recursos de efeitos, de transição e de gravação de DVDs, sendo considerado por muitos como o melhor da categoria.

Nero Vídeo

Se você procura por um editor de qualidade, mas que também prima pela facilidade de uso, certamente, o Nero é o ideal. Isso porque, além de oferecer ótimos recursos, o programa também oferece uma plataforma muito simples, baseada no processo de arrastar e soltar.

Isso permite que não apenas especialistas, mas também usuários iniciantes tenham como produzir seus próprios vídeos com dezenas de transições, efeitos e funções de texto.

Enfim, optamos por nos concentrar aqui em programas pagos, já aceitos e reconhecidos dentro do mercado. Com eles, você certamente terá as ferramentas que profissionais do mais alto nível usam para o desenvolvimento de seus trabalhos.

E aí? Você já usa algum desses programas? Conta pra gente nos comentários.